notícias



Publicado em: 28/02/2020

Frente Unificada traz esclarecimentos sobre as informações relacionadas aos “índices” anunciados pelo Governo

A Frente Unificada de Valorização Salarial esclarece que caso o Governo tenha realmente intenção de oferecer índices de reajuste de 40% para os soldados e 35% para as demais carreiras da Polícia Militar, Civil e Bombeiros Militares que o faça através de remessa de projeto de lei à Assembleia Legislativa, através de índices reais que não considerem a revisão geral anual e que seja de forma realista e transparente.

A forma de anúncio e cálculo indicados na imprensa e nas redes sociais não possui qualquer apoio das entidades que compõem a Frente Unificada, por justamente não refletirem uma realidade aritmética relacionada aos ganhos reais.

Pois, não serão aceitos sem discussão prévia com as categorias, qualquer contraproposta, alheia para uma solução que atenda de forma coesa e unificada os pleitos coletivos das categorias integrantes da Frente.  As quais, recusaram nesta luta, pontos específicos de cada carreira na busca por índices justos de recomposição salarial para todos.

Dentro da Frente Unificada já concordamos com a incorporação específica das 06 (seis) horas para as praças, corrigindo grave lacuna deixada pelo Governo em 2014.

Porém, índices de recomposição salarial devem ser unificados. Tal, como já reiterado diversas vezes ao Governo, sem distorções de cálculos que não se mostram realistas em recomposição real.